Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sexta-feira, 11 de março de 2016

Sérgio Moro: “O caça-corruptos que já recuperou US$ 3 bilhões”

Sérgio Moro na capa de revista americana: “O caça-corruptos que já recuperou US$ 3 bilhões”
A revista norte-americana “Americas Quartely” estampa na capa de sua mais recente edição o juiz Sergio Moro, o ícone do combate à corrupção no Brasil e o responsável pela Operação Lava-Jato no Brasil.

Na capa, Moro aparece entre o promotor colombiano Iván Velásquez e a procuradora-geral Thelma Aldana, que também vêm atuando fortemente contra a corrupção em seus países.

Os três são definidos como”Caça-corruptos”, em alusão aos “Caça-Fantasmas”.

“Sergio Moro é uma estrela e não há nenhum mistério sobre a razão. O jovem juiz brasileiro abriu a tampa de um esquema de corrupção de longo alcance que já tinha desviado mais de US$ 3 bilhões da Petrobras”, diz a publicação.


VEJA A LISTA DOS CAÇA-CORRUPTOS ELEITOS PELA AMERICAS QUARTERLY

Sérgio Moro, juiz federal que lidera a operação “Lava Jato”, investigando e movendo processos em um enorme escândalo de suborno e corrupção na empresa estatal de petróleo Petrobras.

Iván Velásquez, promotor colombiano que lidera a Comissão Internacional Contra a Impunidade na Guatemala (CICIG), cuja missão é combater a corrupção nas esferas mais altas do governo.

Thelma Aldana, procuradora-geral da Guatemala que ajudou a liderar a ação judicial que levou à renúncia e prisão do presidente do país, Otto Pérez Molina.

José Ugaz, jurista peruano e presidente global da organização Transparência Internacional.

Viridiana Ríos, Ativista e acadêmica mexicana, ex-líder da organização ativista México ¿Cómo Vamos?, que ajudou abrir o caminho para que o Congresso mexicano aprove uma ampla lei anticorrupção.

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE