Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Vender é algo ruim?

Vender é algo ruim? 


E o que falar dos vendedores? Será que eles são vilões ou heróis? Eu penso que é seguro dizer que produtos e serviços não se vendem sozinhos, então, sem as vendas, toda a economia global seria destruída. Então vender é bom e os vendedores são necessários.

Então por que vender tem uma reputação tão ruim? Por que os consumidores detestam o fato de andar por um salão de vendas de carros numa tarde de domingo? Por que os donos de negócios se escondem no fundo da sala quando um vendedor chega pela porta da frente? E por que os CEOs odeiam seus próprios vendedores?

O problema está em um simples, ainda sim profundo, problema – atitudes ruins e maus hábitos e ambos resultam de mau treinamento… Ou treinamento algum.

Então senhor Dono De Negócio e senhora CEO, se você tem uma equipe de vendas que está com resultados abaixo do esperado ou você se recusa a admitir publicamente que estão em sua folha de pagamento, vou compartilhar com vocês alguns pensamentos.

Ensine seus vendedores a se calar e escutar. A realidade simples é que as pessoas têm problemas que precisam de solução. Sua empresa pode ter o produto ou serviço que irá solucionar esses problemas. Mas sue time de vendas jamais saberá disso a não ser que eles parem de falar por tempo suficiente para fazer perguntas relevantes e esperar por uma resposta. Uma boa parte da venda é o processo de descoberta. Eu a chamo de coletar inteligência.

Imagine um general liderando suas tropas para a batalha sem antes coletar inteligência sobre as forças e fraquezas do inimigo, sua localização e movimentos. Ou um médico que prescreve os medicamentos sem antes entrevistar e examinar o paciente.


Vendedores que gostam de falar muito ao invés de obter informações são novatos, no melhor sentido, e desperdiçadores de tempo no pior. É por isso que as pessoas querem evita-los.

Ensine a seus vendedores sobre cada aspecto de seu produto ou serviço. 

Como eles poderão preencher uma necessidade se eles não sabem com o que tem para trabalhar? Como eles podem conseguir prospectos mental e emocionalmente engajados se eles mesmos não estão engajados? 
Como pode o prospecto ter qualquer confiança em seu produto, e por extensão, em seu vendedor e em sua empresa, se seu vendedor está às cegas?
Vender é uma carreira profissional. Quer ser esperto? Então treine seu time de vendas de forma profissional, trate-os de forma profissional e pague-os como profissionais. Faça isso e eles irão se apresentar como profissionais e o “mau vendedor” desaparecerá da noite para o dia. Pense sobre isso…
Se seus vendedores soubessem com fazer as perguntas certas, como fazer suas apresentações com base na inteligência coletada e soubessem uma coisa ou outra sobre o que eles estão vendendo, não existiria necessidade para técnicas de vendas com alta pressão, para mentiras, para trapaças, para “fazer joguinhos” e assim por diante. 
Não existiria um relacionamento de adversários entre o prospecto e o vendedor. Sua equipe de vendas seria reconhecida e vista como experts em seu campo de atuação. Se você quer aumentar seu lucro comece investindo em seus vendedores.
Por Jordan Belfort, o Lobo de Wall Street

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Ninguém deve nada a você.

Ninguém deve nada a você.

Como pode uma afirmação tão simples ser importante? Pode não parecer, mas entendê-la realmente pode ser uma benção para toda a sua vida.

Ninguém deve nada a você.

Isso significa que nenhuma outra pessoa está vivendo para você, minha filha. Ninguém está nesse mundo para satisfazer suas reivindicações. Ninguém está vivendo em função de você. Simplesmente porque nenhuma outra pessoa é você. Cada pessoa vive por si própria; a felicidade de cada pessoa é tudo que ela pode sentir de forma singular e particular.

Quando você entender que ninguém tem a obrigação de dar a você a felicidade ou qualquer outra coisa, você será libertada e nunca mais terá expectativas em relação a coisas que provavelmente nunca serão como você quer.
#FranciscoAmado


Pesquisas comuns sobre Ninguém deve nada a você  respondidas nesse vídeo:
1 Ninguém deve nada a você
2 COMO SUPERAR UMA DECEPÇÃO AMOROSA
3 Como Lidar com as decepções no discipulado
4 A MELHOR opção para lidar com a DESILUSÃO E DECEPÇÃO
5 Como Lidar  com as PERDAS
6  #FranciscoAmado
7 Como Lidar com a Decepção
8 Como Lidar  com as  DECEPÇÕES
9  Marcelo Rezende
10 Francisco2018Amado

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Teoria do Big Bang e o sucesso na sua vida

Teoria do Big Bang e o sucesso na sua vida. 

Até bem pouco tempo atrás, fora dos círculos especializados era difícil encontrar quem soubesse que o primeiro a propor a teoria do Big Bang foi um padre: o jesuíta belga Georges Lemaître (1894-1966) – ainda hoje, na verdade, esse não é um fato tão conhecido. 


Quando muito, ficamos sabendo que Lemaître foi o primeiro a propor, em 1927, o modelo teórico do Big Bang, que seria confirmado dois anos depois pelas observações do norte-americano Edwin Hubble (1889-1953); nas décadas seguintes, outros físicos, como George Gamow, aprofundariam o modelo do Big Bang.

A participação de Hubble na história do Big Bang consistiu em medir as distâncias e velocidades de galáxias; ele verificou que havia uma relação entre essas duas grandezas: quanto mais distante de nós a galáxia, mais rapidamente ela se afastava da Terra, o que levou Hubble a concluir que o universo está em expansão. 

Daí para comprovar a teoria de Lemaître era um pulo: se as galáxias estavam se afastando umas das outras, era porque um dia estiveram muito juntas. Mesmo assim, levou tempo para que essa se estabelecesse definitivamente como a melhor hipótese para o início do universo: o termo “Big Bang” foi criado 20 anos depois das observações de Hubble, e por um opositor da teoria, o britâico Fred Hoyle. Ele queria ridicularizar a teoria, mas o nome acabou colando.

Hubble é, hoje, bem mais famoso que Lemaître. Mas alguns autores vêm argumentando que o padre belga viu muito mais que apenas a noção do Big Bang: ele teria, dois anos antes de Hubble, os números e observações que comprovariam a expansão do universo, embora hoje o crédito seja todo dado ao norte-americano.

 O Alexandre Zabot me mostrou esse paper de David Block, de uma universidade sul-africana; Block se baseia em um livro de 2009 para mostrar que o artigo original de Lemaître, publicado em francês nos Anais da Sociedade Científica de Bruxelas, foi retalhado ao ser traduzido para o inglês – este outro paper dá mais alguns detalhes: a publicação em inglês ocorreu em 1931, nos Monthly Notices da Real Sociedade de Astronomia britânica. 

Segundo Block, a versão em inglês omitiu praticamente toda a parte que menciona as observações de 42 galáxias feitas por Lemaître, chegando ao ponto de recortar uma equação, a 24, na qual se encontraria a primeira “prévia” (digamos assim) do que hoje é conhecido como “constante de Hubble” (que determina a proporção entre a velocidade e a distância de uma galáxia; em outras palavras, o ritmo de expansão do universo): 625 (km/s)/Megaparsec. 

No seu texto de 1929, Hubble teria chegado a um valor um pouco menor, na casa dos 500 (km/s)/Mpc; nas décadas seguintes, medições mais precisas (e com melhor instrumentação) levaram a constante a valores na casa dos 70 (km/s)/Mpc.

Ou seja, será que a “lei de Hubble” e a “constante de Hubble” não deveriam levar o nome de Lemaître? Em seu paper, Block faz outros comentários sobre Hubble, e menciona um caso em que o norte-americano teria praticamente se apropriado do trabalho de um colega, o britânico John Reynolds, referente a uma classificação de galáxias (outro tema intimamente ligado ao nome de Hubble). 

No entanto, não é o propósito desse post discutir o caráter do norte-americano. Na melhor das hipóteses, o padre Lemaître e Hubble estariam trabalhando ao mesmo tempo em observações semelhantes (no melhor estilo Darwin e Wallace), e o belga publicou suas conclusões antes. Na pior das hipóteses, realmente houve caso de censura e plágio. 

Também não se sabe o que motivou o corte deliberado de vários trechos do paper de Lemaître na tradução para o inglês. Mas o que se pretende aqui é ressaltar a grandiosidade do trabalho desse padre-cientista. É uma questão de justiça – em 2011, completou o 80.º aniversário da publicação do texto em inglês de Lemaître, esse que foi cortado – mostrar que ele foi muito além daquilo que hoje lhe é atribuído na história da Astronomia.

Pesquisas comuns sobre Teoria do Big Bang e o sucesso na sua vida.  respondidas nesse vídeo:
1 Teoria do Big Bang e o sucesso na sua vida.
2 Teoria do Big Bang
3 O sucesso na sua vida.
4 padre Georges Lemaître
5 Igreja Católica
6  #FranciscoAmado
7 padre Lemaître e Hubble
8 Astronomia
9  #Afiliados
10 Francisco2018Amado

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Nordestino pede SOCORRO para Bolsonaro

Nordestino pede SOCORRO para Bolsonaro

Não é para menos que toda a esquerda está enlouquecida e perderão os últimos vestígios de vergonha na cara. Porém desta vez não ditarão sozinhas a regra do jogo de forma impune.

Afinal, é a primeira vez que numa campanha eleitoral presidencial o repertório de uma nota só do esquerdismo será contrastado em alto e bom som pelos postulados conservadores que não sairão apenas da boca de intelectuais, mas de pessoas comuns que agora, por meio da internet, adquirem um protagonismo jamais imaginado, como é o caso desse cidadão nordestino do vídeo.

Este é o pano de fundo do palco eleitoral presidencial. O repertório mudou, embora os jagunços esquerdistas que dominam as redações seguirão mentindo, tergiversando, invocando o mantra bestial da diversidade bundalelê. 

Não tem preço, portanto, ver toda essa gentalha como ratos desesperados num grande navio indo a pique. Afinal, os mega grupos de comunicação exalam o último suspiro. E o exemplo dessa insofismável desta verdade é o próprio presidenciável Jair Bolsonaro, cuja atuação até aqui prescinde do apoio dos grande veículos de mídia. Sua voz ecoa só e apenas pelas redes sociais. Da grande mídia vem apenas o arroto nervoso e fedorento de seus operadores eivado de mentiras histriônicas e inimagináveis.
JORNALISTA ALUÍZIO AMORIM 



Pesquisas comuns sobre Nordestino pede SOCORRO para Bolsonaro respondidas nesse vídeo:
1 Nordestino pede SOCORRO para Bolsonaro
2 Nordestino pede SOCORRO
3  Bolsonaro
4 Jair Bolsonaro
5 Eleições 2018 Bolsonaro
6  #FranciscoAmado
7  eleições 2018
8 nordestino
9
10 Francisco2018Amado


INSCREVA-SE NO CANAL
Não existem "RECEITA PRONTA" para ter sucesso, o que existe são escolhas
http://www.bitchute.com/channel/franciscoamado/

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE