Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Israel é líder mundial em tecnologias


Alta tecnologia israelense – primeiro lugar do mundo em companhias de high-tech por número de habitantes
Quando vocês conversarem com novos amigos, pessoalmente ou pela rede, convém contar-lhes alguns dos fatos seguintes: Em Israel, o número de companhias startup por habitante é o maior do mundo: 3.850, o que significa uma empresa para cada 1.844 habitantes. Anualmente criam-se em Israel mais startups do que em qualquer país europeu.
A tecnologia israelense tornou Israel um aliado imprescindível dos Estados Unidos, inclusive no que se refere à guerra contra o terrorismo muçulmano (The Israel Test, 2009).

Israel lidera a tabela mundial em computação: 122,1 computadores por cada 100 habitantes Este dado foi revelado por um levantamento feito pelo jornal inglês The Economist em 2008.
Se alguém lhe perguntar pelo progresso tecnológico de Israel, pode contar que cada israelense tem um computador e um pedacinho..
Os startups israelenses que conquistaram o mundo: ICQ, Pen Drive e Babylon; eles transformaram o mundo tecnológico e puseram Israel no mapa do hightech
Israel pode orgulhar-se. Apesar de ser um país pequeno e rico em conflitos e crises econômicas, conta com alguns sucessos impressionantes na área de tecnologia de ponta. Já há anos que empresários israelenses vêm conseguindo realizar o impossível: desenvolver tecnologias e ideias que mudaram para sempre o mundo tecnológico, tornando Israel uma verdadeira potência em high-tech.
Apresentamos a seguir as quatro companhias startup israelenses que conquistaram o mundo.

ICQ, da companhia Mirabilis
História de um sucesso: uma vez, num passado remoto, lá pelos anos 90, uma ideia brotou no cérebro de quatro jovens israelenses: criar um programa de mensagens instantâneas que conecte entre amigos e lhes permita bater papo (chat) através da Internet. Embora a ideia de chat online não fosse nova, o que era original no ICQ era que os amigos podiam encontrar uns aos outros, receber um aviso quando o outro se conecta e bater papo a qualquer momento, de qualquer computador. Assim nasceu a companhia Mirabilis e o ICQ. Hoje em dia isso nos parece tão óbvio que não conseguimos compreender como a ideia foi inovadora na época.

Disk-on-key (Pen Drive), Mysystems, de Dov Moran História de um sucesso:
O Pen Drive é uma dessas coisas que entram facilmente na categoria de “como é que a gente se virava sem isso?”. Lembram que antes levávamos os arquivos de um lado a outro em disquetes? Se não lembram, agradeçam a Dov Moran. A ideia deste empresário israelense foi simples, mas genial: uma pequena unidade de disco que se conecta a uma entrada USB, que se pode levar a todo lado, e nela copiar arquivos, que também podem ser deletados facilmente. De tão popular, tornou-se um acessório de moda. O Pen Drive começou a ser comercializado em 2000, com um volume de apenas 8 MB; hoje é um artigo obrigatório em todo chaveiro, e é vendido em todo lugar. Embora atualmente seja um acessório essencial, é bem provável que, assim como o velho disquete desapareceu, e muito em breve será seguido pelo CD, também o Pen Drive desaparecerá da paisagem.

Babylon
História de um sucesso: Como é irritante encontrar na Internet uma palavra em inglês que não conhecemos, ter que consultar o dicionário e só depois continuar lendo! Era isso que fazíamos até que apareceu Amnon Ovadia com o Babylon, e mudou as regras do jogo. Hoje, tudo que precisamos fazer é marcar a palavra desconhecida com o mouse e logo se abre uma janelinha com a tradução da palavra, sem que precisemos interromper a leitura. Começou com traduções do inglês ao hebraico; hoje em dia o Babylon funciona em 75 línguas, e continua crescendo.

E mais alguns dados:
Em 2007, dez companhias startup israelenses foram consideradas de destaque (de um total de 100 companhias de destaque naquele ano). Ÿ Os únicos centros de P&D no mundo, fora dos Estados Unidos, de companhias como Microsoft e Cisco, estão localizados em Israel. A primeira sucursal da Intel fora dos Estados Unidos foi aberta em Israel. Ÿ O laboratório da Motorola em Haifa é o maior laboratório de P&D do mundo. Ÿ A tecnologia usada pela NASA para o envio de imagens de vídeo de Marte à Terra foi desenvolvida por dois israelenses. Ÿ A maior parte do sistema operativo Windows XP foi desenvolvido na Microsoft de Israel.

Os engenheiros e programadores da Intel Israel são responsáveis por desenvolvimentos pioneiros da Intel Internacional, a começar pela tecnologia de computação portátil Intel®Centrino®, hoje comercializada no mundo inteiro. Os processadores desenvolvidos em Israel estão presentes em quase todos os computadores do planeta.

FIREWALL, a muralha de fogo israelense que protege os computadores em todo o mundo
A tecnologia FIREWALL, criada pela empresa israelense Check Point, fundada por Gil Schwed, foi planejada para monitorar dados e bloquear comunicações computadorizadas. A tecnologia FIREWALL, juntamente com os antivírus, constituem a mais importante linha de defesa da informação computadorizada.


FONTE> http://www.29november.org/upload/1327221616.pdf

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE