Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

ONG Inicia campanha para boicotar alimentos do Brasil.



A ONG Oxfam deu início nesta quarta-feira a uma campanha para boicotar alimentos

Brasileiros.



Campanha pode dar início a farra de invasões.

De acordo com relatório elaborado pela ONG, o comércio internacional tem incentivado compras e expropriações de terras em países como o Brasil, contribuindo para conflitos agrários e prejudicando comunidades indígenas e pequenos produtores. O documento diz ainda que muitas das terras adquiridas para a produção na última década "estão relacionadas a violações dos direitos humanos, perda dos meios de subsistência e fome para os pequenos produtores e suas famílias".

O Brasil, maior produtor de açúcar, é citado com ilações sobre o Mato Grosso do Sul. De acordo com o relatório "há claros elos entre a expansão do agronegócio e o extraordinário nível de violência contra populações indígenas".







A Oxfam argumenta que, ao mesmo tempo em que a área cultivada com cana-de-açúcar triplicou entre 2007 e 2012, o Mato Grosso do Sul passou a apresentar "a maior taxa de violência contra índios - 37 dos 60 deles assassinados no Brasil no ano passado foram mortos no Estado", segundo dados fornecidos por grupos ligados à igreja católica como a Pastoral da Terra e o Conselho Indigenista Missionário



A parte que a ONG esconde.

O dono da fazenda Buriti, em Sidrolândia, Ricardo Bacha, invadida por índios Terena, denunciou que foi proibido pelos índios, que ocupam a propriedade de verificar como estão as benfeitorias do imóvel. Bacha registrou boletim de ocorrência, informando que na manhã de hoje (3), o representante Marcelo Antonio Elihimas foi ameaçado de morte pelos índios e proibido de entrar na propriedade






Segundo a Oxfam, os indígenas também estariam sendo afetados pelo desmatamento provocado pelo avanço agrícola, pelos pesticidas usados nos cultivos e pelo trânsito gerado pelas plantações, que teria causado acidentes na região.



Entretanto eles não divulgam e até fazem questão de esconder isso aqui.

Veja a imagem capturada pelo satélite LandSat 8 da área da antiga Fazenda Suiá-Missu no dia 04 de setembro. A imagem mostra a situação das queimadas na Terra Indígena Marãiwatsédé. De acordo com o Ibama mais de 100 mil dos 165 mil hectares já foram calcinados.

<meta name="KeyWords" content=" ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil, ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil, ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil, ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil, ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil, ONG lança campanha para boicote de alimentos do Brasil,">

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE