Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

domingo, 25 de agosto de 2013

Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa.

O governador e o jornal [TITULO ORIGINAL]

Ruy Fabiano

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, do PT, é um estudioso da liberdade de imprensa. Nas horas vagas de sua função - que, ao que parece, são muitas -, decidiu pesquisar o maior jornal de seu estado, o Zero Hora, do Grupo RBS.

Como detesta improvisos e amadorismos, quis basear seu estudo em dados científicos. Contratou, então, um instituto especializado nesse tipo de pesquisa – a Foco Opinião e Mercado Ltda., de Santa Catarina – para avaliar se o dito jornal é ou não imparcial nas coberturas que faz de seu governo.

Para tanto – detalhe irrelevante -, serviu-se do tesouro do Estado, de lá sacando a módica quantia de R$ 400 mil, que, claro, não fará falta a ninguém. Não se sabe a que conclusão chegou a tal pesquisa, que não foi – e provavelmente não será – publicada.

O Ministério Público de Contas do Rio Grande do Sul não entendeu - e não gostou: “Não se depreende qual a finalidade e o interesse público, em possível desatendimento às disposições constitucionais, na realização dos gastos”, diz o texto da representação que o procurador-geral Geraldo Da Camino encaminhou ao Tribunal de Contas do Estado.

Os procuradores em geral são chatos. Têm sempre dúvidas e suspeitas e estão sempre procurando alguma coisa errada. Daí o nome da função. No caso, porém, o procurador achou estranho gastar R$ 400 mil numa pesquisa que poderia sair quase de graça.

De fato, para aferir a imparcialidade de um jornal basta lê-lo, o que implica a aquisição do exemplar, na faixa dos R$ 2. Mas – e isso escapa à perspicácia do procurador -, o governador talvez tenha feito a opção mais cara para não contaminar a resposta com suas idiossincrasias e preconceitos.

Possivelmente, já tenha sua resposta pessoal, mas não julgou suficiente: quer ser justo.
Por isso, acionou a Secretaria Estadual de Comunicação e Inclusão Digital, para encomendar o serviço.
O que são, afinal, R$ 400 mil, sobretudo quando não nos pertencem, não é?
O que, afinal, é o dinheiro público?
Continua AQUI




<meta name="KeyWords" content="Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa, Tarso investe R$ 400 mil em relevante pesquisa,">


Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE