Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

terça-feira, 31 de maio de 2011

Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”




Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”e não recolherá livro que ensina errado

Palavra rasgada – Errar é humano, insistir no erro é burrice, ensina o velho adágio popular. O ministro da Educação, Fernando Haddad, deu a entender que continuará com a distribuição do chamado “kit gay” às escolas. Na semana passada, depois intensa polêmica e da revolta da base evangélica na Câmara, a presidente Dilma Roussef teria dito que suspenderia a distribuição do material que custou aos brasileiros R$ 3 milhões.

O MEC também não recolherá o livro “Por uma vida melhor”, distribuído pelo governo federal em escolas públicas do País. A obra incentiva professores a aceitarem, por parte de seus alunos, construções incorretas em sala de aula do ponto de vista da gramática vigente, como “os livro” e “os peixe” – típicas da comunicação oral e informal.

Haddad afirmou que não é possível julgar a obra por um trecho isolado. “Eu não posso fazer uma avaliação de um livro com base numa frase pinçada”, disse, acrescentando que considera que o texto é alvo de “injustiça crassa” por parte dos críticos, segundo a “veja.com”.

CONTINUA AQUI.





TAGS:"keywords"content=" Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”, Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”, Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”, Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”, Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”, Ministro avisa que ampliará informações do “kit gay”

Um comentário:

Rosangela disse...

Talvez seja uma alternativa pra não perder tanto dinheiro investido no kit gay. Como eu já havia comentado em outro artigo deste site "este kit deveria sensibilizar os alunos, funcionários e professores a respeitarem as diferenças em geral e não somente o homosexualismo". Nem tudo está perdido quando se cria um trabalho sem base. Isto mesmo...que o ministro consiga juntar uma equipe preparada para discutir e decidir juntos o que poderá entrar neste kit. Agora, que está difícil de encontrar uma saída, ah isto está. Haja material, pois para contrabalançar as "diferenças" teria que ser elaborados tres videos e cartilhas pára TODAS as diferenças. Isto incluindo as opções religiosas. Porque há, também, discriminações para a opção religiosa, pois todos pensam estar com a verdade absoluta. Grande engano!

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE