Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas




Índice de Confiança Social mostra que o brasileiro está menos confiante nos serviços públicos de saúde e educação e nos meios de comunicação
IBOPE Inteligência apresenta indicador que acompanha as oscilações na relação de confiança da população com as instituições
A população brasileira está menos confiante no sistema público de saúde, nas escolas públicas e nos meios de comunicação. Entretanto, o cenário é de estabilidade de acordo com o Índice de Confiança Social (ICS), realizado anualmente pelo IBOPE Inteligência desde 2009. Com o objetivo de acompanhar a relação de confiança da população com as instituições e também com as pessoas de seu convívio social, o ICS avalia 18 instituições e quatro grupos sociais. Além do Brasil, o ICS é medido em Porto Rico e na Argentina desde 2009 e a partir de 2011 também no Chile.

No Brasil, na análise dos três anos, a instituição sistema público de saúde foi a que apresentou maior queda (tinha 49 pontos em 2009, passou para 47 em 2010 e chegou a 41 pontos em 2011), seguida por escolas públicas (tinha 62, passou para 60 em 2010 e obteve 55 neste ano) e meios de comunicação (de 71 pontos em 2009, chegou a 67 no ano passado e agora atingiu 55 pontos).

Como um “termômetro”, o ICS reflete o contexto social, político e econômico dos países pesquisados. A Argentina em 2009, por exemplo, quando começava a se recuperar de uma grave crise econômica, apresentou o mais baixo índice entre os países. Em 2010, o ICS demonstrou um aumento da confiança da população e em 2011 o país atinge o mais alto índice geral (64 pontos).

No Brasil, a instituição presidente da República obteve um índice de 66 pontos em 2009, passou para 69 em 2010 e em 2011 caiu para 60. “A queda de confiança nesta instituição pode ser explicada pela mudança de presidente, uma vez que Lula possuía grande popularidade”, explica Malu Giani, gerente de atendimento e planejamento do IBOPE Inteligência.

Pela terceira vez consecutiva, a instituição com maior pontuação entre as 18 organizações foi o Corpo de Bombeiros (86). Igrejas e Forças Armadas aparecem num segundo patamar, ambas com 72 pontos. Os menores índices de confiança foram obtidos, mais uma vez, pelo Congresso (35) e partidos políticos (28). Confira, abaixo, a tabela completa com os indicadores de todas as instituições avaliadas no país.

Em 2009 já tinha saído uma pesquisa segundo barômetro levantado pela Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos.
Que apontava que de acordo com a universidade, o Brasil tem 68,4 pontos de confiança, em uma escala até 100, nas Forças Armadas.
Os países com maior índice de confiança são o Canadá (79,3 pontos) e os Estados Unidos (74,8 pontos).
Ou seja, o Brasil é o segundo país da América Latina com maior índice de confiança nas Forças Armadas desde sempre. Só falta agora os militares ficarem sabendo disso e decidirem colocar ordem no galinheiro e promoverem o progresso do Brasil.


TAGS:"keywords"content=" Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas, Brasil 72% de confiança nas Forças Armadas

3 comentários:

Lisa disse...

Então vamos tentar analisar o papel de cada segmento e sua importância na sociedade.

Corpo de bombeiros: Salva
Forças armadas: combate
Igrejas: Qual o papel da igreja mesmo? Seria a reforma íntima.

Colocar ordem no galinheiro? Com o que? Com violência?

Um erro não justifica o outro.

Francisco Amado disse...

Cada uma tem um ponto de vista apartir das informações que assimila.
Portanto eu sugiro você passar em um outro post este aqui.
http://midiadeofertas.blogspot.com/2011/09/vitoria-emblematica-da-mentira-raposa.html
E me diga depois se isto não é violência.
Depois tu pode passar os olhos apenas nos numeros $$$$$ que tem neste outro.
http://midiadeofertas.blogspot.com/2011/06/copa-2014-incinerando-seu-dinheiro.html


Agora com apoio da população não havera violência nem uma.
Se houver são apenas efeitos colaterais e todo remêdio tem efeitos colaterais, eu que o diga.
rsrsrsrsrsrsrsrsrsr

Lisa disse...

As vezes estamos muito "ocupados" com coisas que tem que seguir o seu curso e deixamos de fazer o que está ao nosso alcance para contribuir com um todo.
Sei que é difícil sermos obrigados a usar grades e cadeados em nossas casas. Sei que é difícil. Cada pessoa está no lugar onde tem que estar. Deixe a cargo dos políticos resolverem, entre eles, estas questões. Eles se denunciam, se ajudam e se "toleram".
O bem é tão poderoso que deixa o mal trabalhar para ele. Escutei isto de um pedagogo muito conhecido "Ney Lobo".
Mas se você tem tanta necessidade de "denunciar", mesmo que seja em postagens em site e blog. É porque você deveria ter feito parte deste meio, será não? Em outras encarnações? Ou tem um alcance maior de entendimento nesta questões também.
De qualquer forma seus post nos faz pensar. Não leio todos porque me interesso por outros assuntos também. Temos que cuidar com a idéia fixa (isto é pernicioso e posso gerar uma obsessão). Nossa mente precisa exercitar vários seguimentos.
Aprendi uma receita de um peixe maravilhoso. Vou tentar fazer amanhã.

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE