Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

118 projetos aprovados sem debates



A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, numa sessão meteórica, de pouco mais de três minutos, aprovou, na manhã de ontem, 118 projetos. O deputado Luiz Couto (PT-PB), o único presente, foi chamado com urgência à comissão para ter, pelo menos, um parlamentar no plenário da CCJ. Quem presidiu a sessão foi o deputado Cesar Colnago (PSDB-ES), terceiro vice-presidente.

Quando Couto chegou, Colnago declarou: "Havendo número regimental, declaro aberta a reunião". Para abrir uma sessão na CCJ, a mais numerosa e mais importante da Câmara, são necessárias assinaturas de 36 deputados. Esse quórum existia, mas todos assinaram e foram embora, como ocorre às quintas-feiras.Os projetos foram votados em quatro blocos: de 38 (concessão de radiodifusão), de 9 (projetos de lei), de 65 (renovação de concessão de radiodifusão) e de 6 (acordos internacionais).

A cada rodada de votação, Colnago consultava o plenário, como se estivesse lotado:
- Os deputados que forem pela aprovação, a favor da votação, permaneçam como se encontram.
Sentado na primeira fileira, Luiz Couto nem se mexia. Em outro momento, Colnago fez outra consulta ao plenário da Câmara:
- Em discussão. Não havendo quem queira discutir, em votação. Aprovado!
Declarada encerrada a sessão, o deputado do PSDB dirigiu-se a Couto:
- Um coroinha com um padre, podia dar o quê?!
Couto é padre, e Colnago revelou ter sido coroinha na infância. A secretária da CCJ também fez um comentário:
- Votamos 118 projetos!
E Colnago continuou, falando com Couto:
- Depois dizem que a oposição não ajuda.




TAGS:"keywords"content=" 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates, 118 projetos aprovados sem debates

Um comentário:

Lisa disse...

Parabéns pela rapidez da informação. O jornal Nacional falou ontem a noite sobre esta notícia e antes disto já estava blogado aqui.
Mas prestou atenção como a maioria dos projetos tem a ver com concessão e renovação de concessão de radiodifusão? Tem alguma relação com um governo que aposta no 4° poder?

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE