Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O Dia do Desarmamento




O Dia do Desarmamento.

Como já era esperada a campanha da estupidez generalizada ganha novo fôlego com a tragédia de Realengo. O Ministro da Justiça anunciou que seu Ministério fará uma campanha nacional em favor do desarmamento.
Este dia vai marcar para os bandidos, para os psicopatas e os drogados a certeza que vai encontrar o cidadão cada vez mais vulnerável ao ataque.


Aderir à campanha do desarmamento é ajudar a construir uma sociedade cada vez mais insegura e refém da bandidagem, que não vai entregar suas armas, pois eles não estão nem ai para as leis.
Em meio a varias entrevista ouvi uma perola onde a entrevistada disse que o cidadão tinha acesso a armas restritas e que se deveria dificultar o acesso do cidadão a compra de armas.
Bem eu desafio os repórteres á fazerem uma matéria mostrando todos os obstáculos que uma pessoa comum precisa vencer, antes de conseguir ter em mãos uma arma.
Outra coisa que não é dita é o seguinte, mesmo que você cidadão honesto consiga comprar uma arma portar ela na rua é outra permissão que você vai ter que conseguir GTE.

Se precisar transportar a arma deverá tirar a Guia de Tráfego e fazer isso com a arma desmuniciada. ( armas e munições não podem estar contidas na mesma embalagem, de modo a não permitir o uso imediato das mesmas, em caso de roubo, furto ou outra qualquer situação).


Bem isto tudo não é de graça tudo você tem que pagar, tem o GT municipal, (R$ 150,00) o GT estadual (R$ 291, 000) e O GT federal.
- GT (Guia de Tráfego) - a guia diz, resumindo, que o proprietário devidamente identificado (ou seja, leve seu RG) pode transportar a arma em sua embalagem original, ou outra embalagem apropriada, ou ainda embrulhada em papel, de modo que não se possa usá-la prontamente e, além disso, descarregada (desmuniciada é o termo formal).

Agora me diga onde você esta vendo facilidades?

O que fica claro com esta nova campanha é o seguinte o governo esta responsabilizando o cidadão comum pela violência.

Basta ver a frase do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo “Uma população armada é uma população violenta”
A população mais fortemente armada do mundo está nos Estados Unidos, com 270 milhões de armas - praticamente uma para cada habitante.

Quais são os dados de mortes por armas de fogo na população mais armada do mundo?
* An estimated 15,241 persons were murdered nationwide in 2009, which is a 7.3 percent decrease from the 2008 estimate, a 9.0 percent decrease from the 2005 figure, and a
2.2 percent decrease from the 2000 estimate.
* 5.0 murders per 100,000 inhabitants in 2009, an 8.1 percent decrease from the 2008 rate.
* Estima-se que 15.241 pessoas foram assassinadas em todo o país em 2009, que é uma diminuição de 7,3 por cento face à estimativa de 2008, uma diminuição de 9,0 por cento do número de 2005, e um
Diminuição de 2,2 por cento da estimativa de 2000.
* 5,0 homicídios por 100.000 habitantes em 2009, um decréscimo de 8.1 por cento da taxa de 2008.

Agora vamos aos dados do Brasil.
Brasil tem 25,4 homicídios por 100 mil habitantes, diz IBGE.
Em 2007, os Estados que lideravam a taxa de mortes por homicídios eram Alagoas (59,5 por 100 mil), Espírito Santo (53,3) e Pernambuco (53,0). O Rio de Janeiro ocupava o 4º lugar, tendo conseguido reduzir o índice de 50,8 em 2004 para 41,5 em 2007. As menores taxas estavam em Santa Catarina (10,4), Piauí (12,4) e São Paulo, que passou de 28,5 em 2004 para 15,4 por 100 mil em 2007

Portanto vemos que as argumentações não correspondem aos fatos, o que está por trás desta manobra de querer desarmar o cidadão? Nos EUA, não há quase restrição nenhuma à posse de armas. No que concerne à regulação, é muito mais fácil comprar um revólver lá do que aqui. No entanto, mata-se por aqui mais do que o quádruplo do que se mata por lá.

Mais dados você encontra aqui.
AJUDE UM LADRÃO DESARME UM CIDADÃO.


A atitude do governo se resume em querem punir o cidadão honesto, pois é muito mais fácil convencer quem respeita as leis a entregar as armas do que subir o morro e tomar as armas dos bandidos e dos drogados.
As upps são uma prova viva disso ao invés de subir o morro e tomar as armas em poder do trafico eles avisaram antes para evitar confrontos não prenderam ninguém e agora culpam a população pela violência.

É mole ou quer mais?
VEJA OS ESTADOS MAIS DESARMADOS DOS ESTADOS UNIDOS.



Portanto meu amigo antes de embarcar nesta canoa furada imagine a seguinte situação.
Oito horas da noite rua só não esta deserta, pois tem uma horda de menores fumando crack todos eles armados, acabou o dinheiro, eles tem a proteção do ECA, todos sabem disso, e resolvem invadir sua casa a fim de conseguir mais dinheiro para comprar mais drogas.
O que você vai fazer para impedir? Escolha a alternativa correta.
( ) Rezar
( ) Ligar Para policia
( ) Dar tiros para cima
( ) Alvejar os Bandido
( ) Morrer, pois seu telefone está sem linha e você entregou sua arma.

O dia que um Repórter pró-desarmamento foi salvo por um cidadão armado.
CLIQUE AQUI. (‘Achei que era o fim da linha’)

Se você tem mais informações para contribuir com o artigo, poste ai nos comentários.

TAGS: "keywords” content= “O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento, O Dia do Desarmamento

10 comentários:

azedoar disse...

O assassino de Realengo mataria de qualquer forma, pois estava tudo resolvido em sua cabeça doentia.Poderia usar um facão ou envenenar água ou alimento e poderia ter feito muito mais vítimas. O foco está sendo tirado do assassino e do governo que só toma medidas paliativas para a segurança do cidadão, pois decisões eficazes são em primeiro momento impopulares (perda de votos). Quem já frequentou escola pública sabe que os primeiros a reclamar das medidas de segurança são os alunos, em realidade nunca vi uma escola pública em que a segurança funcionasse ,pois não há efetivo compromisso do governo federal,estadual ou municipal com a segurança dos alunos. Simples constatar isso quantas vezes você já entrou numa instituição de ensino pública sem que ninguém te perguntasse onde ia? E se perguntado , após responder, não houve confirmação do setor da escola. Revista nem pensar ,é humilhação. Sem deixar de falar no pouco pessoal de portaria/segurança muitas vezes um para 300 a 400 alunos ,sem condição de defender a si mesmo e a quantidade de professores agredidos pelos alunos e/ou pais. Os politicos parecem Pilatos lavando as mãos , deixando o justo morrer e libertando o criminoso.

Anônimo disse...

Em 1929, a União Soviética desarmou a população ordeira. De 1929 a 1953, cerca de 20 milhões de dissidentes, impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1911, a Turquia desarmou a população ordeira. De 1915 a 1917, um milhão e quinhentos mil armênios, impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1938, a Alemanha desarmou a população ordeira. De 1939 a 1945, 12 milhões de judeus e outros "não arianos", impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1935, a China desarmou a população ordeira. De 1948 a 1952, 20 milhões de dissidentes políticos, impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1964, a Guatemala desarmou a população ordeira. De 1964 a 1981, 100.000 índios maias, impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1970, Uganda desarmou a população ordeira. De 1971 a 1979, 300.000 cristãos, impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.
Em 1956, o Camboja desarmou a população ordeira. De 1975 a 1977, um milhão de pessoas "instruídas", impossibilitados de se defender, foram caçados e exterminados.

Não se enganem, os petistas planejam fazer a mesma coisa conosco!!!

Ródrio disse...

Eu sou a favor do desarmamento, mas respeito sua opinião. Acho que arma tem de estar somente nas mãos de uma polícia preparada. Você estando armado, não significa que esteja seguro. Defendo o desarmamento e que a sociedade cobre medidas enérgicas dos governos para acabar com o tráfico de armas. Nossos governantes são muito imcompetentes. Temos de cobrar mais e mais ações de combate á violência. Volto a repetir, um cidadão armado não significa que esteja seguro. Se o problema da falta de segurança fosse ARMA, a solução era imediata. Basta comprar uma arma para cada um dos brasileiros.

Forte abraço, amigo.

Francisco Amado disse...

Ródrio.
Ou vc não leu todo o texto ou não viu o video.

Se esta sua afirmação fosse verdadeira isto sginificaria que E.U.Ateria muito mais crimes que aqui.
.
A questão não é todo mundo andar armado.
A questão é você ter o direito a poder ter arma.

Leh disse...

Olá, Francisco!
Eu também respeito sua opinião, votei no referendo e sou a favor do desarmamento. Portanto, minha opinião não é pela tragédia do Realengo.
Vemos casos de crianças que pegam armas e matam por acidente, ou até mesmo cometer crime pelo simples fato de ter uma arma.
Tenho consciência de que é preciso resolver muitas coisas antes disso, mas mesmo que a longo prazo, é preciso coibir entrada de armas e com leis bem definidas, rígidas para a posse delas.
Moro no Japão e aqui arma é proibida. Sei que não se pode comparar culturas diferentes, mas nem mesmo os seguranças usam armas. Se carregar faca, estilete e até taco de beisebol dentro do carro, é enquadrado, pois são considerados armas. Não vou dizer que não se cometem crimes aqui, mas o índice (com faca) é bem pequeno.
É preciso muito estudo, pois a questão é delicada e envolve aspectos sociais e financeiras, embora não se justifiquem e leis mais severas.
Ora, se o Japão demorou 100 anos para que o trânsito seja eficiente e seguro, porque não se pensar no assunto?
De qualquer forma, é uma boa discussão e você fez uma excelente postagem deefendendo seu ponto de vista.
Abraços

Rosangela disse...

Eu já me salvei de um arrombamento porque eu estava armada. Sozinha na minha residência, num apartamento no 4° andar...forçaram minha porta. Eu disse que iria pegar a arma e não adiantou. Então peguei a arma, fui até a janela e dei um tiro pra cima.Então foi-se embora o ladrão.
Mas também soube de uma amiga que perdeu o filho porque este encontrou a arma do pai escondida e brincando com o irmão...acabou por matá-lo. Este menino tem traumas até hoje de ter tirado a vida do irmão.
O que credito é que já se instalou o "armamento", não deveria se mexer nisto. Mas que não incentivasse pelo menos as pessoas a adquirirem armas. É uma questão delicada...Sou contra o desarmamento do homem de bem. Mas homem de bem, também não deveria estar armado. Ai...que complicadoooooo. Dá pra ficar em cima do muro?

Bruno Borges Borges disse...

A postagem é muito interessante. Não podemos negar que o assunto é polêmico.

Agora, chama atenção o oportunismo de algumas autoridades. Parece que ficam à espreita para levantar esse tipo de debate, logo após uma tragédia.

A violência é um problema muito mais sério que necessita de um debate aprofundado.

Desarmar, ainda mais, a população e querer inventar leis para combater o crime, é hipocrisia. Violência se combate com políticas públicas sérias.

Paz e felicidade,

Bruno Borges Borges
brunoborgesborges.blogspot.com

zango disse...

Toda esta gritaria era esperada. Na prática já há desarmamento no Brasil, haja visto a dificuldade de comprar e registrar uma arma, observando todas as regras para porte. Esta discussão serve para acobertar a ineficîencia do governo em combater o crime. Quem sabe não está por trás disto outros interesses, pois uma sociedade desarmada interessa a governos totalitários

Arthurius Maximus disse...

É fácil "jogar para a galera" e lançar uma campanha como a do desarmamento do que atacar as verdadeiras causas da violência que são o despreparo das polícias, as leis brandas demais, o paternalismo exagerado das autoridades e dos legisladores e a omissão do estado.

Gilter disse...

É isso ai meus amigos! Está muito claro que o brasileiro já despertou, todos nós ( pessoas de bem) já cansamos de ser reféns de uma política injusta, não democrática, corrupta e leviana, de interesses sórdidos. Está muito claro o interesse do governo por trás desta política de desarmamento. Hoje sim é que vivemos tirania neste país, pois, nossos direitos constitucionais e universais mais básicos estão sendo ignorados: direito a VIDA, LIBERDADE, PROPRIEDADE, a IGUALDADE ETC.(ver artigo 5° constituição federal de 1988). Estamos perdendo nossa soberania nas mãos de um governo ditador e comunista, que tem nas mãos a mídia par a manipular aos mais simples. Nossas famílias estão sendo desmoralizadas a começar pelo sistema de ensino, que com mentiras e informações deturpadas, prepara o cidadão para ser mais um fantoche. Pode ser difícil para alguns assimilar as verdades sobre as consequências do desarmamento devido aos argumentos falsos e sensacionalismo da mídia, mas, esses são a minoria, e para esses, temos 100 argumentos verdadeiros (com estudos, dados matemáticos e estatísticos e exemplos reais que não passam na telinha da GLOBO) para cada afirmação falsa. No referendo de 2005, mesmo sob lavagem cerebral da mídia, 59.109.265 brasileiros (63%) votaram a favor de seus direito, hoje, esse numero já é maior 89% da população é contra o estatuto do desarmamento em vigor (ver enquete da câmara dos deputados). Sou filho desta pátria, enferma no momento, e não vou abandonar a luta em nome dos meus direitos e de todos pais de família. Esse é meu papel como Humano e Cristão, cansamos de ver o mal vencer, chegou a hora nação!

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE