Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Ditadura Militar uma Fraude

O dia 31 de março de 1964 ficou marcado na história brasileira. O que muitos chamam de “Ditadura Militar” está recheada de mitos perversos, com a pura intenção de manchar a imagem dos militares brasileiros que hoje é a terceira instituição mais respeitada pelo povo brasileiro, perdendo apenas para o Corpo de Bombeiros e para a Igreja.

Engraçado é que mesmo com a esquerda (que domina a mídia, as escolas, as universidades e as editoras, enfim, todos os vetores “produtores de cultura”) tentando manchar a imagem do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, os militares brasileiros estão no topo da confiança.

Vou trazer nesse post algumas informações que talvez você NUNCA tenha ouvido falar e que nunca terá acesso se ficar restrito ao que os “geradores de cultura” do Brasil falam. Culturalmente o Brasil está dominado pela esquerda e para conseguir alcançar seu objetivo final, precisam DESTRUIR TUDO QUE O BRASILEIRO VALORIZA. Sim! O Brasileiro tem fortes traços conservadores.

Ditadura 

O primeiro mito que deve ser quebrado é: NO BRASIL NÃO EXISTIU DITADURA MILITAR! No Brasil tivermos um REGIME MILITAR de exceção, para limpar a casa dos comunistas que estavam com um golpe TOTALMENTE MONTADO.

O regime militar não foi ditatorial, ele foi AUTORITÁRIO. Ditadura implica em retirar diversas liberdades, dentre elas a de ir e vir, totalitarismo, partido único, etc... Nem a LIBERDADE DE EXPRESSÃO foi tão cerceada assim. 

De fato, houve censura. Mas a maior parte da censura foi contra estímulos à manifestações que gerassem a DESORDEM e estimulasse a revolta armada. Ironicamente, na década de 70, no auge da censura e da luta contra a esquerda armada, foi quando a cultura de esquerda mais cresceu e se espalhou. Foi na década de 70 que a Agenda do 
Marxismo Cultural e a Cartilha de Antonio Gramsci ganhou mais força aqui no Brasil.

Vale ressaltar que o Ato Institucional 5 (AI5) foi necessário devido ao avanço da luta armada que simplesmente estava praticando atos de TERRORISMO NO BRASIL. Enquanto as mortes que tem na conta dos militares são de guerrilheiros, a maior parte das mortes que tem na conta dos guerrilheiros são inocentes.



Tem também o documentário “REPARAÇÃO: A outra versão do golpe de 1964” que fala como as vítimas dos guerrilheiros estão abandonados e jogados às moscas pelo atual governo, que só tem indenizado os ex-guerrilheiros, em claro ato de vingança.
Foi postado novamente com outro nome, pois a conta foi encerrada devido a várias denuncias.
A esquerda quer esconder a verdade. 


A Luta Armada Lutava Pela Democracia

Me desculpe as palavras ásperas mas... É PRECISO SER MUITO IDIOTA PARA ACREDITAR QUE ELES LUTAVAM POR UMA DEMOCRACIA. 

Em 1961 já havia focos de guerrilha e guerrilheiros já estavam treinando em Cuba, na Rússia e na China. A Cuba e a Rússia mandavam rios de dinheiro para esses guerrilheiros. Muitos militantes da luta armada se refugiaram em Cuba e aviões que foram sequestrados foram desviados para lá.

Até onde sei, nenhum desses países que apoiavam a luta armada tinha uma DEMOCRACIA. E, digo mais,todos esses regimes foram GENOCIDAS. O comunismo no mundo já matou mais de 100 milhões de pessoas. 

A CENSURA À IMPRENSA.
Em 1968, durante a Passeata dos Cem Mil, protesto contra a ditadura no Rio e organizado pelo movimento estudantil. Tivemos As atrizes Eva Todor, Tônia Carrero, Eva Wilma, Leila Diniz, Odete Lara e Norma Bengell.
Porra que ditadura é essa que tem passeata dos 100 mil??
Foi criada através do decreto-lei Nº 862, de 12 de setembro de 1969, como Empresa Brasileira de Filmes Sociedade Anônima. Enquanto existiu, sua função foi fomentar a produção e distribuição de filmes brasileiros. embrafilme
Que censura é essa que cria uma empresa para apoiar o cinema nacional?
É isso que tu classifica de ditadura Sr civilização?

A existência de presos políticos, e até vítimas.

Quer dizer que o regime militar, só prendeu político, não tinha ladrão de banco, não tinha marginal e nem terrorista era só preso político?
Lógico que teve preso inocente, mas isso ocorre ate nos dias atuais, onde pessoas são acusadas dos mais diversos crimes e depois de ficar 3, 4 ou mais anos na cadeia se descobre que o cara é inocente.
A imagem abaixo mostra que não existia perseguição a inocentes e se comparar os números da COMISSÃO DA MENTIRA  com os dados de MP
A semana de 15 de maio de 2006 foi marcada por sangue escorrido nas ruas.
De acordo com levantamento do MP (Ministério Público) de São Paulo, 508 pessoas morreram durante os ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC).
Comissão da Verdade confirma 434 mortes durante “DITADURA MILITAR” Ou seja em 20 anos 434 mortes o que chega no numero de 21.7 mortes por ano. Hoje em 2016 temos mais de 60 mil homicídios

O regime militar foi quem criou o horário GRATUITO POLITICO
A Lei Falcão (Lei nº 6339/76) foi criada em 1 de julho de 1976 e recebeu o nome de seu criador, o então Ministro da Justiça, Armando Falcão [1] . Esta lei foi criada durante o governo Geisel (vigente de 15 de março de 1974 a 15 de março de 1979) e visava implementar mudanças em relação às propagandas eleitorais
Segundo o governo militar, a Lei teria como objetivo dar igualdade aos candidatos e partidos políticos no tempo de sua apresentação aos brasileiros, já que nem todos os partidos proviam do dinheiro necessário para conseguir, na televisão e no rádio, o mesmo tempo que os demais.
O Movimento Democrático Brasileiro, com a intenção de criticar a Lei Falcão, saiu às ruas com um "TV-MDB", um programa apresentado na carroça de um caminhão Chevrolet 51 que percorria as ruas.
A conta que não fecha é a seguinte, os militares perseguiam todo mundo, davam choque nas pessoas, matavam, torturavam e ao mesmo tempo permitia  à  liberdade do MDB sair as ruas com seu próprio veiculo de comunicação? 
Vocês estão entendendo onde eu quero chegar?

Eessa mesma  ditadura é que faz Orestes Quércia ser eleito pelo MDB deputado estadual em 1966 e prefeito de Campinas em 1968.
Uma ditadura com eleições???
Ditadura é um regime governamental onde todos os poderes do Estado estão concentrados em um indivíduo, um grupo ou um partido.
O ditador não admite oposição a seus atos e ideias, possui poder e autoridade absoluta.
É um regime antidemocrático onde não existe a participação da população.
Vamos relembrar TV-mdb e passeata dos 100.00o mil.

No dia 1 de janeiro de 1979 os militares dão  imunidade parlamentar  ou seja, não se pode caçar mais ninguém.
Isso  configura uma DITADURA ?

Em 1979, Figueiredo promoveu uma reforma partidária que restituía o pluripartidarismo,  foram criados novos: o Partido Democrático Social (PDS), formado, em grande parte, por ex-arenistas; o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB); O Partido Popular (PP); o Partido Democrático Trabalhista (PDT);o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Partido dos Trabalhadores (PT).
Que ditadura é essa que pula de dois partidos para seis partidos?
Ainda em 1979, foi aprovada a Lei de Anistia, que anistiava tanto terroristas como militares.
Essa lei permitiu que muitos exilados políticos retornassem ao Brasil.
NÃO EXISTIU DITADURA. FOI UM REGIME MILITAR


Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE