Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sábado, 15 de março de 2014

Dilma esculacha os pobres de Tocantins.

Moradores do Minha Casa, Minha Vida Vila Azul, em Araguaína, Tocantins. Esta é a gente que nunca "ralou" segundo Dilma Rousseff. Prometeram a eles escola, unidade de saúde, posto policial. 
Nada disso foi cumprido. Por isso, foram protestar contra a presidente, que respondeu dizendo que eles "nasceram em berço esplêndido".

Os moradores do Vila Azul receberam casas sem cerâmica. A construção é de qualidade inferior. A Justiça investiga claras evidências de superfaturamento. Por falta de um posto de saúde, os moradores, para serem atendidos, precisam voltar às unidades de atendimento onde estavam cadastrados antes de se mudarem, muitas vezes localizadas a dezenas de quilômetros de distância. 
São mais de 1.000 famílias. Um bairro com mais de 5.000 pessoas.

Os que "nunca ralaram", segundo Dilma, pagam uma prestação maior pelas suas casas, mesmo que elas sejam de um padrão muito inferior. Pagam 10% do salário mínimo. 

Os moradores do conjunto habitacional entregue ontem pagarão apenas 5%. Tinham todo o direito de protestar. 
Bastaria que Dilma Rousseff, em vez de ofender os pobres moradores, determinasse, naquele momento, ao presidente da Caixa e ao Ministro das Cidades, presentes no evento, que a situação fosse imediatamente resolvida. Que aos iguais fosse dado tratamento igualitário.


Dilma Rousseff cunhou uma frase que mostra muito bem a sua índole.

O ser mesquinho e vingativo que existe por trás da blindagem do marketing.

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE