Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Sarney quer proibição total da venda de armas



Agora é Sarney a pregar a “proibição total da venda de armas”; Maranhão é o estado em que índice de homicídios mais cresceu. Seria por causa da “venda legal” de armas?

Não adianta! Eles não param!

Agora é José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, quem decidiu falar bobagem sobre a tragédia do Rio. Insiste em ligar o caso À VENDA LEGAL DE ARMAS! Está pedindo uma revisão do “Estatuto do Desarmamento”, com a proibição total da venda, “tolerância zero”, como ele disse.

É isto mesmo! O Brasil precisa de “tolerância zero” com quem não é bandido! Leiam o que informa Gabriela Guerreiro, na Folha Online. Volto para encerrar.

A Tragédia em escola no Rio Depois a tragédia em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, o senador José Sarney (PMDB-AP) defendeu nesta sexta-feira a revisão no estatuto do desarmamento. O presidente do Senado disse que o Congresso deve examinar a lei e defender a proibição da venda de armas no Brasil. Na opinião do senador, o país deve ter ‘tolerância zero’ em relação à venda de armas. “Cada vez mais, quando se permite que existam armas dentro da sociedade com absoluta liberdade, fatos dessa natureza são facilitados”, afirmou.

Sarney disse que ‘fanáticos e desequilibrados’ não vão desaparecer da sociedade com a proibição da venda de armas, mas pregou o endurecimento da legislação para minimizar os crimes praticados com armas de fogo.

“Nós temos a obrigação de tirar os instrumentos que eles [fanáticos] podem utilizar nessa circunstâncias. Acho que deveria ser um projeto de lei revogando a lei anterior e rediscutindo o assunto. A realidade hoje é inteiramente outra da que nós votamos a lei”, afirmou.
(…)

Voltei
Ninguém contou a Sarney que um fanático ou assassino meticuloso não precisa de revólver para matar? Ninguém contou a Sarney que os mais de 50 mil assassinatos por ano, no Brasil, estão ligados, em sua maioria, ao crime organizado? Ninguém contou a Sarney que o crescimento do número de assassinatos deriva, também, da incompetência dos governos de estado.

A propósito: segundo o último Mapa da Violência, com dados que vão de 1998 a 2008, (veja posts abaixo), adivinhem qual é o estado que lidera o CRESCIMENTO PERCENTUAL de homicídios: sim, é o Maranhão! Em dez anos, o número de mortos por 100 mil habitantes cresceu 297%.

Culpa de quem? Segundo Sarney, da VENDA LEGAL DE ARMAS! Eu estou certo que é da incompetência dos sucessivos governos do Maranhão!

É O FIM DA PICADA!
Por Reinaldo Azevedo

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

TAGS:"keywords"content=" Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas,Sarney quer proibição total da venda de armas

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE