Translate - Tradução

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

SEGUIDORES

Não perca o próximo artigo

Pesquisar Neste Blog

terça-feira, 28 de julho de 2015

Jovem palestina chora, mas defende que Israel desapareça

"Minha esperança é que um dia [Israel] não exista mais, só a Palestina."

Reem Sahwil, 14 anos, que chorou na frente das câmeras e da primeira-ministra Ângela Merkel como uma menina frágil e abandonada, numa entrevista neste domingo para o jornal alemão Die Welt.

A adolescente nasceu num campo de refugiados no Líbano e hoje vive na bela cidade de Rostock, na Alemanha. Ela disse também ao jornal que não considera que o pais que mora hoje é a "sua casa", mas a "Palestina", local que ela nunca sequer visitou. Ano passado a Alemanha concedeu 200 mil asilos para refugiados e esse ano o número deve mais que dobrar.

Para Reem Sahwil, toda a região é "Palestina" e que não deveria existir Israel, na sua visão uma ocupação realizada por um povo que expulsou o seu. Em outro momento curioso da entrevista, foi perguntada se tinha medo de ser classificada como antissemita, um crime na Alemanha, e respondeu: "aqui tem liberdade de expressão e eu posso falar o que eu quiser".

Resumindo: a Alemanha não é "a sua casa", ela quer morar num lugar que nunca visitou e acabar com Israel. Uma gracinha, não? Qual a chance dessa notícia sair na imprensa ocidental, a mesma que fez um carnaval com seu choro? Você sabe a resposta.



I hope Israel disappears, says Palestinian teen Merkel brought to tears
http://www.timesofisrael.com/i-hope-israel-disappears-says-palestinian-teen-merkel-brought-to-tears/

Nenhum comentário:

ONDE O ANARCO CAPITALISMO FUNCIONOU?

TESTE SUA VELOCIDADE